:: INDICAÇÕES E CONTRA-INDICAÇÕES ::

A indicação para praticar a equoterapia deverá ser realizada pelo médico da pessoa com deficiência, sendo neurologista, pediatra, ortopedista, entre outros.

Salientando que mesmo com a indicação médica, o praticante passará por uma triagem pelos profissionais habilitados da equoterapia para direcionar o melhor tratamento para cada pessoa com deficiência e o tempo necessário.

É importante ressaltar que a equoterapia e a equitação terapêutica são indicadas também para deficiência física, intelectual, diversas síndromes e doenças, entre outros.

A equoterapia e a equitação terapêutica são contra-indicadas para pacientes que possuam inflamação na coluna ou em algum membro, instabilidade atlanto-axial e cardiopatia no caso do Síndrome de Down, osteoporose, contusões, agressividade sem controle, peso excessivo, comportamento ao qual implique na insegurança do paciente no cavalo, como início comportamental de suicídio e outras contra-indicações especificadas pelo médico.


imprimir